Moda e autoconhecimento em momento de pandemia

Moda e autoconhecimento em momento de pandemia

Chegou o momento de, através da moda, espalharmos nossas ideias de mundo e expressarmos quem verdadeiramente somos, sem medo de julgamentos. Chegou a hora de nos reinventarmos trazendo à tona nossa real identidade e compromisso com o todo.

Nós seremos beneficiados por toda essa mudança e todo nosso entorno também. Que tenhamos CORAGEM de enxergarmos tudo isso como uma OPORTUNIDADE de sermos ainda melhores do que já somos.

Cheguei a me questionar se é o melhor momento para falar sobre Moda, Estilo e lançar novos produtos. Mas, durante esse período de incertezas, aos poucos tudo foi ganhando mais sentido e propósito.

Meu propósito é o autoconhecimento. Vestir-se de dentro pra fora. Por conta disso, hoje me sinto um pouco mais segura e tranquila para falar com vocês por aqui. Espero que a partir do blog Prateleira de Mulher eu possa trazer informações úteis, falar não apenas sobre roupas, mas sim sobre as pessoas que vestem essas roupas.

Desde cedo, comecei a estudar ballet clássico e logo entendi que a dança nada mais era do que uma forma de autoexpressão. Aos 18, comecei a desenvolver figurinos de dança e montar coreografias que expressavam o verdadeiro mundo que permeava a minha mente. Me formei em moda e trabalhei na área por aproximadamente 17 anos, desenvolvendo produtos e conhecendo muitas mulheres, jeitos, gostos e comportamentos.

Resumindo, hoje me divido entre aulas de Yoga no Plié Namastê Studio e a Bodelú, garimpando moda e selecionando as peças que compõe as coleções. Como professora de Yoga, observei que a moda pode ser uma ferramenta de autoconhecimento e autoexpressão.

No Yoga, aprendo constantemente sobre a importância da auto-observação. Quando retiramos nossos sentidos do mundo externo, e focalizamos nosso mundo interno fazemos melhores escolhas. E é aí, nesse lugar, no mundo interno, que encontramos a maioria de todas as soluções, respostas e insights.

Na Moda, não precisa ser diferente disso. Ao se olhar no espelho, observe se sua imagem refletida fala sobre você, se ela realmente conta a história do seu mundo interior ou é apenas um esboço de alguma referência do seu mundo externo. Nesse momento de instabilidade, é importante termos um propósito.

Acredito que através da Moda o propósito da Bodelú é transformar pessoas e o mundo através do autoconhecimento. Pretensão minha? Pode até ser! A ideia é construir um olhar atento. É criar um espaço para reflexão. É sair do piloto automático, usando as ferramentas que temos hoje para que sendo nós mesmas, possamos colaborar de forma positiva com o maior número de pessoas.

A moda não existe apenas nos vestidos. A moda está no ar, é o vento que a traz, nós a respiramos, a pressentimos, ela está no céu e no chão, está ligada às ideias, aos costumes, aos acontecimentos.

Coco Chanel - Estilista

Agradeço à Laine por abrir esse espaço de conversa e troca. E por aqui vou trazer alguns temas para refletirmos juntas.

Namastê – Adri Borges.

Adriana Borges - Plie Namaste Studio

Adri Borges

Estilista pós graduada em Moda pela Faculdade Santa Marcelina
Formada em Yoga
Formada em Ballet Clássico

Related Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *