Yoga no dia a dia

Yoga no dia a dia

Vivemos em um mundo onde somos cobrados por resultados o tempo todo.

Um mundo onde o tempo é escasso, a respiração é curta, o pescoço é rígido e o fluxo de pensamentos é intenso. A falta de tempo faz com que percamos a chance de nos observar. Corremos e cumprimos obrigações o tempo todo sem saber ao certo se estamos seguindo nosso Dharma. Vivemos apenas nos conformando com nosso Karma.

Na turbulência do nosso dia a dia não valorizamos o caminho que nos leva à nosso resultado.

Adri Borges

Atuamos como meros atores, em um palco onde seguimos o roteiro de um diretor que na maioria das vezes não temos afinidades, concordamos com seu script, sem ao menos conhecê-lo. A vida também é o que fazemos antes de atingirmos nossos resultados. O resultado é uma feliz consequência de nossos atos.

Segundo o texto hindu Bhagavad Gita “Apenas o trabalho é o teu privilégio, nunca seus frutos. Jamais deixes os frutos da ação serem tua motivação: e nunca pares de trabalhar. Trabalhe em nome do Senhor, deixando de lado os desejos egoístas. Não te deixes afetar pelo sucesso ou pelo fracasso. Esta equanimidade é chamada de Yoga.”

Na turbulência do nosso dia a dia não valorizamos o caminho que nos leva à nosso resultado. Nos descuidamos dos pequenos detalhes valiosos deixando de lado possíveis insights.

É no caminho ao resultado que vivenciamos nosso presente. E diga-se de passagem: “Que belo PRESENTE que é  a VIDA!” Sabe àquela sensação prazerosa de contentamento ao descobrir que o botão daquela rosa simplesmente se abriu? E a serenidade e tranquilidade do azul celeste do céu? Na maratona do dia a dia concordamos e aceitamos que somos o que falam de nós. Muitas vezes somos reflexos apenas do que gostaríamos de ser.

A pergunta é : Quem é você? Você vive de acordo com seu Purusha? Já parou para pensar? A Vida te dá chances para novas descobertas.

Encontrei através do Yoga esta chance de trilhar um novo caminho de aprimoramento em busca do meu verdadeiro Purusha e de uma rotina de vida mais equilibrada. Hoje, em meio a um Trikonasana e um Utthita Hasta Padangusthasana tenho o privilégio de viver meu momento presente e experimentar a dor e a delicia de ser eu mesma.

Desejo a todos nós um mundo com tempo excedente, respiração completa, coluna flexível e muitos insights.

Até a próxima leitura.

Boa Prática | Adri Borges.

Adri Borges

Adri Borges

Estilista pós graduada em Moda pela Faculdade Santa Marcelina
Formada em Yoga
Formada em Ballet Clássico

Related Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *