Dicas para iniciar 2021 com Saldo Positivo e Sonhar!

Dicas para iniciar 2021 com Saldo Positivo e Sonhar!

As projeções econômicas para 2020 eram de crescimento e consequentemente recuperação da economia e níveis de emprego. Entretanto, ao contrário, logo no início do ano já passamos a conviver com uma realidade bem diferente e atípica. A pandemia sepultou de vez os planos de recuperação econômica e ainda agravou a crise do ano anterior. Assim, além lidar com a incerteza da doença, tivemos conciliar os sentimentos de insegurança e medo em relação a nosso sustento e sobrevivência.

Se você está empregado ou tem algum tipo de atividade que gere renda, agradeça e considere-se um privilegiado.

Empresas fecharam as portas. Algumas reabriram, mas muitas não. Trabalhadores formais e informais perderam suas fontes de renda. A taxa de desemprego foi à lua, auxilio emergencial foi concedido pelo governo, no entanto está acabando, enquanto a pandemia não só continua aí, como vivemos a chamada segunda onda (que na verdade é apenas uma extensão da primeira).

Logo, diante desta realidade, como nos preparar para uma vida financeira mais saudável em 2021?

Se você está empregado ou tem algum tipo de atividade que gere renda, agradeça e considere-se um privilegiado. Então, se ainda não possui uma vida financeira organizada, aproveite para se organizar e iniciar 2021 com saldo positivo e se ainda não for possível ter o saldo positivo, que seja o início da caminhada, pois ter saúde financeira significa também aumentar sua qualidade de vida. Logicamente, esta conquista exige uma mudança em sua relação com seu dinheiro.

A seguir, 5 dicas preciosas para melhorar sua saúde financeira, iniciar 2021 com saldo positivo e sonhar! Espero que você já tenha lido os artigos anteriores sobre finanças aqui no Blog. Se ainda não leu, o convido a ler, pois com certeza irão ajudá-lo a estruturar seu orçamento para o próximo ano.

1. Autoconhecimento

Assim como em qualquer processo de mudança, para ter uma transformação em sua vida financeira são necessárias, prioritariamente duas condições: primeiro ter vontade de efetuar uma mudança e, segundo conhecer sua realidade financeira.

Você confere periodicamente seu extrato bancário? Sabe qual é seu rendimento mensal? Conhece seus custos fixos (aluguel/prestação do imóvel, condomínio, luz, agua, telefone, internet, alimentação e etc), custos variáveis (escola, faculdade, transporte e etc) e despesas (lazer, vestuário, livros e etc)?

Se mesmo tendo vontade de mudar sua vida financeira, você não consegue responder a estas questões, é essencial parar e fazer este exercício de autoconhecimento financeiro para avançar no processo de saúde financeira para o próximo ano.

2. Autorresponsabilidade e Protagonismo

A autorresponsabilidade está diretamente ligada a vontade de ter uma relação mais saudável com seu dinheiro. Pressupõe comprometimento e protagonismo, deixando de lado as crenças sobre dinheiro (vide artigo Crenças limitantes sobre dinheiro), as tradicionais desculpas de ter um salário insuficiente, a de falta de reconhecimento do seu trabalho e etc.

Autorresponsabilidade é a capacidade racional e emocional de trazer pra si toda responsabilidade por tudo que acontece em sua vida, por mais inexplicável que seja, por mais que pareça estar fora do seu controle e das suas mãos.

Se autorresponsabilidade e protagonismo são termos novos para você. Indico os livros “O poder da autorresponsabilidade” de Paulo Vieira que além de explicar minuciosamente os conceitos e os princípios da autorresponsabilidade, apresenta uma série de exercícios de autoconhecimento e diagnóstico que facilitarão sua mudança de mindset e “Seja líder de si mesmo” de Augusto Cury que clarifica o que é protagonismo.

Nas palavras de Augusto Cury protagonismo é ser autor da própria história, é ter consciência de que a vida é um grande livro e que é sua responsabilidade escrevê-la.

3. Mudança de hábitos

Para mudar hábitos é necessário ter passado pelas fases anteriores: autoconhecimento, autorresponsabiidade e protagonismo. Se você já consegue entender, internalizar e praticar estes conceitos, será fácil mudar seus hábitos e sua forma de relacionar-se com o dinheiro.

Não pague por coisas que pode ter de graça! Elimine gastos desnecessários, como por exemplo pagar juros e multas de contas atrasadas, tarifa de manutenção de conta corrente (a resolução 3.919/2010 garante a todo brasileiro uma conta corrente sem custo), anuidade do cartão de crédito e tarifas de manutenção de cartões de lojas.

Por falar em cartão de crédito, é essencial controlar os gastos nesta modalidade. Lembre-se que o cartão é apenas um meio de pagamento. Ao passá-lo, significa que você está assumindo uma dívida. Por isto, não se iluda: cartão de crédito é dinheiro. Assim, controle cada real que você passa no cartão. Ao contrário do que muitos falam, eu não considero o cartão de crédito um vilão, ao invés disto, ele pode ser um grande aliado. Basta ter controle, não se deixando iludir pensando que as compras pagas com ele irão para a Terra do Nunca e serão pagas por Peter Pan. É primordial que antes de efetuar uma compra, você ajuste o valor da parcela da compra, computando o valor mensal da fatura no seu orçamento. O perigo mora em não pagar o total da fatura do cartão. Os juros anuais cobrados pelas administradoras de cartões chegam a  mais de 310% ao ano.

A pandemia nos provou que é possível viver com menos. Logo, minha dica é aproveitar esta constatação e se dispor a romper de vez com os padrões sociais, mudando hábitos de consumo que não lhe trarão benefício, muito menos o levarão a algum lugar, exceto ao endividamento. A marca do tênis, a roupa da moda, possuir um carro ou trocar de modelo de carro anualmente e etc. Já parou e pensou qual é a necessidade? Ou por que você faz isto?

Analise estes pontos e da próxima vez que pensar em comprar algo, aplique a regra dos 3 P’s, ou seja, por que comprar (qual é utilidade)? Eu preciso (comprar neste exato momento)? Eu posso (posso pagar sem sacrifícios)?

4. Renda extra

Se você seguiu os passos anteriores e constatou que o saldo ficará negativo no final do mês, mesmo após o recebimento do 13º salario, eliminação de gastos desnecessários e mudanças de hábitos, é hora de pôr em prática os exercícios de autorresponsabilidade e fazer uso do seu protagonismo e assim, criar maneiras de fazer dinheiro.

Cito aqui algumas formas mais comuns, entretanto há muitas outras maneiras honestas de fazer uma renda extra. Felizmente, nós brasileiros somos criativos por natureza! Assim, pense no que você gosta de fazer, seu hobby e vislumbre como fazer dinheiro com isto.

Alguns exemplos: Preparar e vender “quentinhas”, fazer doces e/ou salgados, artesanatos em geral, lembrancinhas e decorações para festas (principalmente neste período de pandemia, muitas festas que ocorriam em salões são feitas em casa e sempre há aquela mãe que assim como eu, não possui habilidades manuais), brechó e lojas físicas ou virtuais, digitação e formatação de currículos e outros documentos, consultor digital (ensinar pessoas, principalmente os mais velhos a utilizarem o potencial dos celulares, das redes sociais, configurar computadores, tablets e notes), marketing digital, consultor de conteúdos para redes sociais e consultora de cosméticos (Avon, Natura, Jequiti e outros)

O princípio e finalidade da renda extra é equilibrar seu orçamento de forma a “arrumar a casa”, deixando seu orçamento positivo e ter ainda, a possibilidade de iniciar sua reserva de emergência.

Reserva de emergência é um valor que vai cobrir seus custos fixos (gastos essenciais) por um determinado período, geralmente de três a seis meses, caso algo lhe aconteça e você perca sua fonte de renda.

5. Sonhar e realizar

Augusto Cury afirma que “sem sonhos a vida não tem brilho! sem metas os sonhos não tem alicerces e sem prioridades os sonhos não se realizam”. Eu concordo plenamente, pois defendo que dinheiro é um meio e não um fim e ele serve tornar nossa vida melhor e para realizar nossos sonhos. Devemos frequentemente dizer a nosso dinheiro quem é o dono de quem assim como diz na música do Barão Vermelho.

Logo, trabalhar, se esforçar e buscar uma renda extra serve para vivermos bem e realizar nossos sonhos. Contudo, somente sonhar é perigoso, pois quando não conseguimos realizá-los a frustação pode ser muito grande. Por isto, tão importante quanto sonhar é traçar metas e prioridades para transformar os sonhos em realidade. Assim, conforme for realizando um sonho, o próximo sonho passará a estar no topo da lista das prioridades.

Iniciar um investimento se torna quase impossível quando ainda se esta endividado e ainda não se tem domínio sobre as próprias finanças. Por isto, nas consultorias e mentorias que faço costumo trabalhar individualmente caso a caso. Entretanto, o fato comum é sempre iniciar por primeiro “arrumar a casa” ou seja, o autoconhecimento.

Contudo, se você quiser lá no início do processo colocar seus sonhos no papel, beleza! Há pessoas que se estimulam diariamente ao ver seus sonhos, mas infelizmente a maioria das pessoas se frustram por percebê-los muito distantes. Assim, é essencial autoconhecimento para identificar qual é seu caso.

Enfim, independente da ordem que você prefere é importante ter em mente que será necessário monetizar seu sonho, ou seja dar um valor monetário a ele e começar a traçar um plano de investimento. É importante saber que é imprescindível iniciar por mais que você ache R$ 50,00 é pouco. Se você começar a aplicar este valor mensalmente, você terá ao final de um ano R$ 600,00. Isto sem considerar que o valor aplicado terá rendimentos dependendo da modalidade de aplicação.

César Souza diz que “Você é do tamanho dos seus sonhos” e a isto, acrescento o pensamento de Walt Disney “Se temos a capacidade de sonhar é porque podemos realizar”!

Até o próximo artigo…

UBUNTU!

Dirlene Silva

Dirlene Silva

LinkedIn TOP VOICES 2020

Economista, Mestre em Gestão e Negócios, Consultora de Inteligência Financeira, Coach e Mentora
https://www.linkedin.com/in/dirlenesilva/

Related Article

2 Comentários

  1. Pai Antônio de ogum
    9 meses atrás

    Hoje em dia a pessoa consegue achar de tudo na internet.
    Posso dizer que o seu artigo ajudou muito e também é de
    extremo valor. Muito obrigado pela informação e
    compartilhei no meu facebook.

  2. Dirlene Silva
    8 meses atrás

    Pai Antonio! Que bom saber disto! Gratidão por teu feedback! É assim que crescemos! Fico feliz demais em saber que te auxiliei de alguma forma. UBUNTU

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *