A luz é no começo do túnel

A luz é no começo do túnel

Existe uma luz no final do túnel

Uma metáfora tão usada ou um ditado popular talvez. Eu nunca acreditei nisso e de fato acho isso uma bobagem que serve para aliviar uma dor ou postergar um problema e talvez ainda terceirizar a solução. Porque no final do túnel seria uma esperança de que algo ou alguém lhe trouxesse a solução para o nosso drama vivido. E isso te conforta? Pode ser uma espera imaginária.

O final do túnel pode ser longo demais, pode ser também que tenhamos em nosso subconsciente a vontade que alguém resolva por nós o bendito problema. Não que seja um desconforto alguém nos ajudar a solucionar algo, mas esperar pelo outro pode ser frustrante.

E então eu digo: existe uma luz dentro de você e isso quer dizer que todas as respostas estão aí, perto, próximo. Não busque no final, não coloque a sua responsabilidade de lidar com o problema nas mãos de ninguém. A luz está ai dentro de você, e só você pode acessar.

Independente de crenças e ideologias e até mesmo de fé, a responsabilidade é sua de cultivar ou administrar os problemas que permeiam dentro da gente por um período longo ou breve.

E depender de você não quer dizer que não terá sofrimento, choro, superexposição. Esvaziar o copo de tudo que o tempo acumulou. Esvaziar- se da dor se faz necessário para que se tenha espaço para o projeto da felicidade.

Porque nem todos vivem a Síndrome Poliana, que basicamente é a síndrome de só enxergar o lado positivo. E ao meu ver é uma maneira estratégica de ver a vida, mas não é real consigo mesmo.

Então, quando você avaliar e validar que a sua vida pode ter ônus e bônus, alegria e tristeza, saúde e desconforto. As coisas começam e têm um sentido de propriedade e aceitação do seu Eu por inteiro.

E dessa maneira você coloca cada coisa em seu lugar, dando o devido valor para aquilo que representa naquele momento da sua vida. Pode ser a dor, felicidade, amor, qualquer que seja o que você esteja sentindo ou passando. Mais uma vez, depende do seu olhar e a importância que você está dando naquele momento.

Então atravessar túneis imaginários ou reais e aguardar uma luz no final pode ser um tanto ingênuo. Arregace as mangas, porque os desafios precisam de nossas mãos, do nosso coração e do nosso cérebro para se manifestar todo o tempo.

Não fique parado no meio do caminho, atravesse mesmo que seja mais doloroso do que ficar parado, porque a dor faz parte do processo.

Laine e Aron

Laine Ventura

Fundadora do Prateleira de Mulher, Master Coach de vida
instagram.com/laineventura

Related Article

2 Comentários

  1. Rosângela
    10 meses atrás

    Com certeza passar pela dor é a caminhada para a luz. Nem sempre dá pra manter o positivo e aceitar q não está legal é maturidade
    Adorei o texto

    • Laine Ventura
      10 meses atrás

      É isso mesmo, Ro! E seguimos um dia forte e outro dia um pouco frágil, mas continuamos andando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *