10 perguntas para treinar uma entrevista de emprego

10 perguntas para treinar uma entrevista de emprego

Segundo a pesquisa Pnad Covid-19, que busca identificar os efeitos da pandemia no mercado de trabalho e na saúde dos brasileiros, divulgada no dia 4 de setembro, mais de 17 milhões de pessoas deixaram de buscar emprego por causa da pandemia ou por não encontrarem uma ocupação na localidade em que moravam.

Ainda segundo o IBGE, somando-se esse montante aos demais 12,9 milhões considerados oficialmente desempregados (por terem buscado emprego), o país tem mais de 40 milhões de brasileiros que querem trabalhar e não conseguem.

entrevista de emprego

Uma das implicações desta situação é obviamente o aumento da concorrência nos processos de seleção, a medida em que ocorre o relaxamento do isolamento social e mais brasileiros passam a buscar emprego efetivamente.

Para ajudar as seguidoras do Blog a se prepararem para as entrevistas e conquistarem o seu espaço no mercado de trabalho, trouxe 10 perguntas para você treinar e mostrar o melhor de si para os recrutadores.

1 - Por que você saiu da última empresa?

Nunca culpe ou fale mal da empresa anterior. Pode acontecer de ter havido incompatibilidade de ideias, de você não ter se adaptado à cultura da empresa, não ter conseguido conquistar o espaço que desejava para a sua carreira, etc. Independentemente do que tenha acontecido, concentre o seu discurso no que você busca para a sua vida profissional, especialmente naquilo que você sabe que poderá conquistar na empresa onde está pleiteando a vaga.

2 - Quais são os seus pontos fortes?

Liste duas ou três situações pelas quais você tenha passado em cargos anteriores e nas quais você tenha obtido um desempenho positivo, fundamentando quais características suas a ajudaram a conquistar aqueles resultados. Estes serão os seus pontos fortes.

3 - Me fale sobre seus pontos fracos

Agora liste situações em que os resultados obtidos não saíram conforme o esperado. O que você precisaria ter feito de diferente e quais características poderiam ter lhe ajudado? Procure resgatar exemplos em que você tenha tido a oportunidade de já começar a desenvolver estas competências.

4 - Qual foi o maior desafio da sua carreira?

Fale sobre algo em que precisou se superar para alcançar determinado objetivo ou meta. Descreva as competências que utilizou e precisou desenvolver para chegar lá. Além de demonstrar a sua contribuição individual no resultado final, reconheça e enalteça também a contribuição dos demais profissionais da equipe e dos seus gestores.

5 - Quais as competências positivas do seu último gestor?

Elogiar é sempre mais fácil, mas tenha atenção para não criar nenhuma armadilha. Se você pontua que seu último gestor estava sempre disponível para ajudar a equipe, mencione que entende que nem sempre os gestores possuem essa disponibilidade e reconheça a importância de também saber agir com autonomia nestes momentos. Isso porque o gestor da vaga em questão pode não ser tão disponível.

6 - E ao contrário, o que você acha que ele podia melhorar?

Aqui vale a mesma regra da primeira pergunta: nunca fale mal do seu último gestor. Amenize o ponto fraco que você pontuar, demonstrando ter compreensão de que todos os profissionais possuem características a desenvolver ao longo da carreira e com os líderes não é diferente.Também não monte uma lista de pontos fracos, mencione apenas um e só pontue outros no caso de o recrutador solicitar.

7 - O que chama a sua atenção na nossa empresa?

Sempre estude muito sobre a empresa antes de ir para uma entrevista. Além de visitar o website, pesquise por notícias sobre ela e relacionadas ao setor em que atua. Se tiver oportunidade de conversar com alguém que trabalhe lá também ajuda muito não só a formar opiniões consistentes como também encontrar pontos de convergência entre a sua carreira e o que a empresa têm a oferecer, assim como compatibilidade de valores pessoais.

8 - Por que eu deveria te contratar?

Ressalte os seus pontos fortes e aqueles pontos de convergência que você já vai ter mapeado na tarefa de estudar sobre a empresa. Liste metas que você alcançou na empresa anterior, processos de trabalho que você otimizou, seus diferenciais dentro da antiga equipe, da área e da empresa em geral. Demonstrar um pouco de humildade e reconhecer que a empresa também contribuirá com você é igualmente importante.

9 - O que não está no seu currículo e que eu deveria saber sobre você?

Fale sobre algo em que você possa demonstrar um valor pessoal positivo ou uma competência. Exemplos: empregos que tenha tido no início da sua carreira, quando era bem jovem e já prezava pela sua independência financeira; uma mudança de carreira que tenha sido bem planejada e que você consiga exaltar como a sua carreira atual – e na qual você está pleiteando a vaga – brilha os seus olhos; algum hobby, como esportes coletivos, mostrando como você tem preferência pelo trabalho em equipe; alguma conquista que demonstre o quanto você se dedica ao que se propõe a fazer, etc.

10 - Como você quer estar aqui a três ou cinco anos?

Concilie o discurso sobre os seus anseios de carreira com o que a empresa poderá lhe oferecer. Não adianta, por exemplo, você demonstrar como objetivo fazer carreira no exterior se a empresa não tiver planos para se internacionalizar. Ou almejar chegar a alguma posição que não exista na estrutura da empresa.

alice castro nunes

Alice Castro Nunes

Especialista em recolocação para mulheres e mães

Related Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *